A Madrinha tem Saudades Tuas
















Tenho tantas mas tantas saudades tuas
Queria presentear o teu crescimento
Queria que tivesses mais perto e que convivêssemos mais vezes
Queria ser uma madrinha que visses frequentemente, do que apenas uma vez por ano
Queria poder ver a tua evolução na fala, nos primeiros passos
Queria viver mais o teu sorriso pessoalmente
Ver os teus dentinhos de leite a rebentarem e as tuas choradeiras de dor
Se soubesses o tamanho da minha saudade
A saudade de te pegar ao colo
De ver somente o teu sorriso de orelha a orelha
A tua simpatia incrível e de um acordar maravilhoso
Queria ir mais vezes contigo ao parque infantil
Partilhar brincadeiras contigo e grandes beijos entre madrinha e afilhada
Ajudar-te a dar os primeiros passos e a segurar-te quando te desequilibrares
Queria tanto que estivesses aqui
Aqui, bem mais perto de mim
Estás longe, numa distancia imensa
E só te poderei ver um mês de cada ano
Isso é muito pouco para matar a saudade, para simplesmente ver-te crescer
Que saudades minha querida afilhada
Tens agora um aninho e quase seis meses
Até daqui a dois meses
Até breve*

Comentários

  1. 2 meses passam num instantee vais ver:D:D:D

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mal é que dois meses passam depressa. Então um mês que vou estar com ela passará a voar :(

      Eliminar
  2. Não ver alguém que gostamos com regularidade é realmente um tormento e tratando-se de uma criança ainda pior.O primeiro passo,a primeira palavra,as primeiras gargalhadas são coisas que dão tanto gosto ver e é uma pena perderes tudo isso,e tens razão um mês passa a correr.

    ResponderEliminar
  3. Ser madrinha é quase como ser mãe. ;)
    Bonito texto, que exprime um carinho imenso pela tua afilhada!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  4. madrinha é quase, quase mãe! aproveita mesmo todos os momentos com ela... eles crescem tão depressa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem me dera aproveitar todos os momentos V*, mas não me é possível porque ela vive fora do País, os pais dela são emigrantes. Então só tenho oportunidade de a ver nas ferias quando eles vêm, ou seja, apenas um mês.

      Eliminar
  5. Oh que bonito *-*

    Não importa que seja apenas alguns dias, importa que casa segundo com ela seja especial, certamente que é :)*

    ResponderEliminar
  6. ...sabes que te cabe a ti fazer desses dias (por poucos que sejam) inesquecíveis para ela e para ti não sabes?
    É sempre dificil estar-se longe de quem se ama!
    bj*

    ResponderEliminar
  7. Acredita que sei bem do que escreves, também tenho um afilhado a vivefr noutro país. É muito triste.

    ResponderEliminar
  8. Como entendo estas palavras uma madrinha é uma segunda Mãe e os nossos afilhados o melhor do nosso mundo :)

    ResponderEliminar
  9. Eu tenho um afilhado ke por sua vez é o meu sobrinho mais velho... mas ele nunca me chama madrinha, mas como é um menino tao doce compensa chamar.me tia...
    Gostei bastante do post kerida vai passar num instante...

    ResponderEliminar
  10. Produtos de excelente qualidade.
    Conheço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Comentou mal o post Marta :)
      Mas eu percebi onde queria deixar opinião. Bjs

      Eliminar
  11. Supõe-se que a madrinha deverá ser uma segunda mãe e por isso o nome daí deriva. No entanto, expressar com tanto carinho e amor o afecto que existe pela pequenina afilhada só nos transmite, a quem a lê, um brilhante sorriso de apreciação e entusiasmo. Porque o amor, carinho e saudades ainda são palavras que nos acalentam e nos transportam para o mundo ideal. Lindo o seu texto, de uma verdadeira madrinha.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa

Em modo de Desabafo...