4 Meses Depois...


Faz hoje 4 meses que vivi um pesadelo difícil de esquecer ou de meter dentro de uma gaveta e nunca mais abri-la. Faz hoje 4 meses que tudo aconteceu, uma tragédia para todos nós, principalmente para quem perdeu casas, animais, vidas e uma parte de si no incêndio de Pedrogão Grande. Nessa altura escrevi este POST que podem reler e pensei eu que nunca mais iria tocar neste assunto aqui no Blog. Mas cá estou eu de novo, porque em 4 meses quase nada foi feito (principalmente devido há treta de burocracias deste País e dos políticos que temos) e estes 3 dias que passaram, ver novamente o nosso Portugal a arder, não há palavras para descrever tamanha dor, angustia e tristeza. E acho que dói-me mais, porque já passei por algo semelhante e só quero esquecer aquele dia que me marcou. Aliás marca todos os dias vendo as paisagens "negras" e as cinzas expostas em matas e serras em vez do verde que estava habituada a ver e que me dava alegria, ar puro e gosto em apreciar toda aquela beleza verdejante. 

Peço que me perdoem por andar desligada de novo, sem muito conteúdo para expor, mas estes dias têm me deixado ansiosa e angustiada, não sei explicar... não sinto vontade para nada e ver os noticiários só me fazia pior. Ver novamente imagens de desespero das pessoas a tentar sobreviver, a salvar os seus bens, ver tudo a repetir-se como há 4 meses atrás em que estive no lugar daquelas pessoas, é demais para mim. Por sorte nada perdi, mas ganhei uma recordação horrível, guardei muita ansiedade e stress, guardei tristeza e chorei muito. Ainda para mais na semana em que fazia anos, nem comemorei os meus 28 anos naquela semana que deixou todos sem forças para continuar, mas mesmo assim tivemos de arregaçar mangas e ir em frente, pois esse era o único caminho a seguir.

Já não consigo suportar passar o feed no facebook, porque as várias partilhas e noticias que leio, são apenas e só dos incêndios. Psicologicamente não tenho lidado muito bem com isso, deixa-me super mal e sempre se disse quem passa por elas é que sabe realmente os sentimentos e emoções que transborda naqueles momentos de desespero. Ver fogo a poucos metros de nossa casa, não ter meios para combater e nem recursos como água por exemplo, é de uma pessoa entrar em pânico. E além do fogo, os ventos fortes são os piores inimigos... é triste ver o nosso bonito País de negro, ver a nossa fauna e flora desfeita, por mais que nasça, não será a mesma coisa, muita coisa se perdeu. Quantidade de animais, a quantidade de água que se perde em plena seca que estamos, o clima que está todo trocado devido principalmente há mão humana que só polui o planeta, que não pensa no futuro, só no presente. Fábricas a poluir o ar que respiramos, as águas, enfim... é fácil culpar os incendiários dos fogos que houve, é sim... mas não vemos que todos os dias nós acabamos com o nosso Mundo, as estações trocadas, estas temperaturas elevadíssimas, isto já se previa e já houve documentários sobre o aquecimento global, mas ninguém quer saber, ninguém quer mudar nada, continuamos a poluir como se nada fosse... 

Não sei o que será daqui a poucos anos, porque isto é apenas uma amostra do que nos reserva e não me refiro apenas ao clima, temos os fenómenos como os furacões, sismos, tsunamis, isso tudo é a natureza a manifestar-se. 

Bem, não me vou alongar mais, estou triste por tudo o que se anda a passar e preocupa-me como serão os próximos tempos... desejo muita força para todos os que neste momento estão a sofrer com a tragédia, não será fácil levantar, mas espero que a vossa força interior seja mais forte que qualquer obstáculo. 

Comentários

  1. Uma enorme tragédia jamais esquecida por aqueles que viveram o verdadeiro inferno e por todo o Portugal, infelizmente voltou se a repetir mais uma tragédia, não é facil para ninguem erguer tudo de novo , começar do zero . Ninguem consegue passar indeferente a tal terror e sofrimente , eu própria tambem me vieram as lagrimas ao olhos ! muita força

    ResponderEliminar
  2. Realmente é uma enorme tristeza...
    Pessoas sem kulpa pagarem sem ter culpa...
    Eu sei bem o ke é fikar sem kasa por arder... ha 2 anos a minha ardeu completamente... teve ke ser tudo novoooo...
    Enfim força kerida... vamos enfrentar o ke aí veem...

    ResponderEliminar
  3. ninguem contava que em pleno outubro tudo fosse acontecer de novo....houve imensos erros que mais uma vez foram cometidos...muitas pessoas reviveram o que tinham passado ha 4 meses atras....muitos donativos nao chegaram ao seu destino e muita gente que ficou sem nada,,..nada continua a ter....foi um ano para esquecer,...ha 4 meses atras ja estavam a fazer contas ...ja estavam a pensar o que podiam fazer para nao voltar a acontecer o mesmo...e o mesmo acontece 4 meses depois, quando ninguem contava com tamanha tragedia...O PIOR DA DO ANO EM TERMOS DE INCENDIOS.....

    ResponderEliminar
  4. É uma dor de alma... Uma tristeza sem nome...
    Este ano o fogo entrou pela casa dos meus avós, só não ficámos sem ela porque tivemos a sorte dos vizinhos ao lado naquele domingo excepcionalmente lá estarem... Ficámos sem as hortas e a aldeia parece que foi atingida por uma bomba :(
    E foi pela tv que soubemos do sucedido, ficámos em choque ao ver o lugar onde tínhamos estado à um mês e pouco... :(

    Bjs,
    Sónia Carvalho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente