Hoje por Ela, Amanhã por Nós


Hoje tive a informação que uma pessoa que conheço do mundo virtual há alguns anos, sofre de um problema de saúde que dificulta a sua vida tanto fisicamente como psicologicamente. Podem ler o POST que ela escreveu e perceber melhor a sua situação atual. Fiquei sensibilizada com o que li e como é possível estar sem atendimento profissional desde Março deste ano! São muitos meses há espera de tratamento para conseguir ter melhores condições de mobilidade e viver a sua vida. E claro, como todos sabemos o privado pode ser o melhor caminho, mas é o mais dispendioso financeiramente. Sei dar valor a estes casos graves de saúde, porque vivo de perto um e não é nada fácil conseguir ter forças para lutar e ao mesmo tempo ter dinheiro para tudo e mais alguma coisa... seja medicação, deslocações, consultas... é muito caro.

Queria partilhar convosco este caso da Eloisa, porque de facto ela merece ser ajudada e acreditem que não é nenhuma burla ou algo semelhante. Ela é uma pessoa de confiança que em tempos já tive o gosto de a ter como parceria. Portanto, se não for pedir muito, peço-vos que leem o post dela e possam ajudar de alguma forma, nem que seja a partilhar nas redes sociais.

Para ti Eloisa, desejo do fundo do coração que consigas retomar as tuas consultas de fisioterapia e ter uma vida minimamente estável, pois sei que essa doença não é nada fácil de lidar. Muita Força, muita Coragem e muita Fé. 

Obrigada a quem leu e ajudou, hoje por ela, amanhã por nós. 
Sempre acreditei que quem ajuda sem pedir nada em troca, será mais tarde recompensado, Deus não é cego, antes pelo contrário. 

Comentários

  1. Sou muito sensível pois fui operada ao canal carpico e estou a recuperar!

    ResponderEliminar
  2. as melhoras nunca perca a esperança dona eloisa

    ResponderEliminar
  3. Infelizmente no mundo que vivemos e na sociedade apenas centrada no dinheiro! Muitas são as vezes que perdemos qualidade de vida por falta de tratamento, falta de possibilidades e aceitamos uma maneira de viver que não devia sequer ser justa quando mais presente no dia a dia.
    A saúde mais que o dinheiro é um bem precioso! Com dinheiro compramos o que queremos, mas não tendo saúde não conseguimos sequer lutar para ter alguma qualidade de vida.
    O privado é uma boa opção mas já não tão cá como antes. Cada vez mais os médicos não querem saber, é um deixa andar os casos menos entusiasmantes. Os bons médicos fazem o mesmo que a maioria das pessoas, procura algo fora do país e os que sabem a idade não perdoa.
    A saúde não devia ser um luxo mas um bem essencial acessível á carteira de todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podia concordar mais contigo, tens toda razão.. inclusive ontem fui a um consulta ao privado porque no publico não me esclareceram e não resolvem a minha situação, mas no privado acabei por não ir fazer nada. Isto porque o que já sabia, foi dito na consulta e acabei da mesma forma por não saber a origem do meu problema. Digamos que paguei 60€ para nada! É triste esta realidade, ando mesmo saturada de médicos, por vezes nem sei como tiraram o curso, porque não demonstram o que "aprenderam". E claro, vai tudo do carater da pessoa se dedica ou não ao que faz. Como tu dizes, hoje em dia é o deixa andar, não se preocupam realmente com o que a pessoa tem ou saber de onde vem a origem. Tive resposta como por exemplo: "Mas isso não é um dor aguda, pode bem viver com ela!" Ou seja, se fosse um dor aguda que me impossibilitasse de viver o dia a dia, teria atendimento, caso contrário posso viver com a dor que tenho sem saber de onde ela vem ou a origem. Uma coisa é certa, se doi é por alguma razão e não se devia ignorar, podemos estar a alastrar algo sem saber... ando nisto desde o inicio do ano só me mandam fazer ecografias e nada acusa.. mas fazer uma TAC ou Ressonância, nem pensar! Porque acho que só através disso consigo saber o que tenho.

      Eliminar
    2. "A saúde não devia ser um luxo mas um bem essencial acessível à carteira de todos!" - não podia concordar mais consigo, Angie!!!

      Eliminar
  4. No passado dia 14 novembro fui operada à mão ao canal guyon, e estou ainda a recuperar, li e o post e emocionei-me muito , não se compara a dor q tenho após a minha cirurgia com a situação da Eloisa , infelizmente o nosso sistema de saúde é péssimo comparando em outros países , existem listas de espera e senao recorrermos ao privado , corremos sério risco de agravar a saúde. Farto-me de comentar com pessoas amigas e familiares, e nao me canso de dizer , que a saude nao tem preço e deveria ser gratuito para todos, quer sejam ricos ou pobres, infelizmente nao é a realidade e fico msm revoltada e triste.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Nina, e as melhoras!

      Concordo, o sistema é péssimo. E ainda o pioram mandando embora pessoas quando deviam era mantê-las (as boas profissionais) e empregar mais, de modo a que as listas de espera diminuam em vez de estagnarem, como foi o caso.

      Resisti muitos meses ao privado. Por falta de meios, mas também inicialmente porque acreditei no que me disseram, que depois do Verão que teria de novo. Pois sim! Desengane-se quem pensar que isso anda assim... Em Novembro disseram-me que ligasse em Janeiro para *saber como estavam as coisas*. Se não fosse doloroso demais ainda me ria com a situação!

      Enfim, tive de recorrer a isto, estou a pedir a toda a gente que possa ajudar, que me ajude, pois o Estado deixou-me na mão. :\

      Eliminar
  5. Olá, espero que ela encontre rapidamente as suas melhoras (dentro do possível). Nada paga a saúde. Nem sabemos dar valor quando a temos. Muita força. Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. acho que todos nos deveriamos ter direito a um serviço nacional de saude de excelencia e nao so aqueles que podem dispensar do dinheiro que tem para tratarem...podem dizer que at nao é mau o nosso sistema...mas eu acho que poderia ser muito melhor....nao é normal esperar tanto tempo para se retomar a fisioterapia quando é indespensavel para o bem de um utente..nao ha naquele lado levam o utente para outro....quantas vezes vemos casos de pessoas que so pioram por nao ter uma consulta, por nao terem tratamentos ou serem operadas??? espero que esta menina consga ter as sessoes de fisioterapia que tanto precisa

    ResponderEliminar
  7. A saúde é a área mais sensível que cada um de nós tem. Quem ainda não viveu, por si ou por alguém muito próximo, uma situação de doença, acidente ou algo que acontecendo alterou a sua vida? Dou muito valor a estas situações e sei o que custam.
    E nestes momentos, ter família e amigos que nos apoiem é uma grande ajuda.

    Rápidas melhoras Eloísa, luta, não desistas. Vais conseguir. Tem fé. Eu tenho.
    Beijinhos,
    Sónia Carvalho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Sónia! Apesar de tudo o que me tem acontecido também acredito. Beijinhos! <3

      Eliminar
  8. A saúde é um bem precioso, um bem que devemos cuidar e proteger. Mas como sabemos não depende só de nós e quando ficamos doentes precisamos de quem nos ajude, Oriente e cure. Para isso existem os médicos, mas infelizmente nem todos têm vocação, muitos trabalham pelo dinheiro e esquecem-se que estão a lidar com a vida das pessoas. Mas nem todos são assim e existem anjos que cruzam os nossos caminhos e nos ajudam nessa dor.
    Só posso desejar que a Heloísa encontre um anjo no seu caminho e que a ajude a superar essa doença e dor. Um abraço apertadinho 😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Ana.

      É mesmo. Eu, infelizmente, só aprendi isso quando me vi sem ela. E já passei por situações como a de agora, assim como outras em que tive muito apoio de médicos. Parece um bocado um totoloto, no entanto. E não devia ser assim. E essa parece ser a conclusão e questão geral que este post da Suspiros, junto com o meu caso, levantou - o que não antevi, imersa no meu desespero. :X

      Obrigada! :*

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente